<[HEADING] class="logo-text">Ajudamos a encontrar o seu crédito
MENU
Ver Mais

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Artigos

Toda a informação sobre soluções de crédito, empréstimos e poupanças num só local. De fácil acesso e sem perder tempo.

Saiba o que é e como funciona um crédito hipotecário

28 de Março de 2023

Ainda tem dúvidas sobre o que é e como funciona um crédito hipotecário em Portugal? Não se preocupe. Pois esta é a dúvida de muitos portugueses.

Inicialmente, sabemos que um crédito é um empréstimo sujeito à aprovação de terceiros. Neste caso, as instituições financeiras que estabelecem regras e critérios para a concessão do montante.

O crédito hipotecário, como o nome indica, está relacionado com uma hipoteca. Ou seja, um direito de garantia estabelecido através de um bem material. Este, estará sujeito ao cumprimento de um contrato e determinadas obrigações até ao fim do mesmo.

A pensar nisso e em todos os aspetos que circundam este tipo de crédito, decidimos partilhar consigo este conteúdo onde explicamos tudo o que precisa saber sobre o tema.

Não deixe de acompanhar e tire todas as suas dúvidas sobre esta importante solução financeira.

Ler Mais

Já ouviu falar em crédito revolving?

23 de Março de 2023

Sabia que o crédito revolving é uma das principais soluções financeiras para créditos em Portugal? Contudo, muitos portugueses ainda não fazem ideia de como podem usufruir desta solução de financiamento.

Sabemos que a tecnologia trouxe diversos avanços tecnológicos nos mais variados setores. E, no segmento financeiro não foi diferente.

Desde então, foram apresentadas novas alternativas aos clientes. Uma das maiores evidências deste avanço foi a introdução do cartão de débito e crédito. Sendo que, estes cartões contemplam planos financeiros ajustados a cada perfil de consumidor.

Dentro destas novas modalidades de crédito, podemos encontrar o revolving. Continue a acompanhar o nosso post do dia e descubra tudo o que precisa sobre este tema.

Ler Mais

6 fatores a considerar na escolha do economato

18 de Março de 2023

O economato é uma parte essencial de um escritório. Afinal, ninguém consegue trabalhar sem os materiais mínimos e necessários para que o trabalho seja feito.

Contudo, escolher estes recursos pode ser uma tarefa exigente.

Existem diversos objetos e elementos que são indispensáveis e, naturalmente, uns são mais indicados do que outros.

Por isso, trazemos neste artigo informações valiosas para o ajudar nesta função.

O economato é uma parte essencial de um escritório. Afinal, ninguém consegue trabalhar sem os materiais mínimos e necessários para que o trabalho seja feito.

Contudo, escolher estes recursos pode ser uma tarefa exigente.

Existem diversos objetos e elementos que são indispensáveis e, naturalmente, uns são mais indicados do que outros.

Por isso, trazemos neste artigo informações valiosas para o ajudar nesta função.

Economato: O que precisa de saber para fazer a melhor escolha

Em qualquer espaço de trabalho, os colaboradores precisam de ter um conjunto de materiais e ferramentas, para o exercício das suas funções.

Desde computadores a impressoras, tinteiros, folhas e pastas de arquivo, todos os materiais devem ser escolhidos com algum cuidado. E, muitas vezes, essas "pequenas" coisas acabam por passar despercebidas para alguns empreendedores.

Assim, o que era para ser uma solução ou algo que facilitasse a rotina, acaba por ser um problema. Isto porque, com o tempo, alguns acessórios podem escassear, não funcionar ou exigir demasiada manutenção. 

Mas, para garantir que não terá este tipo de problema, veja a seguir os principais tipos de economato que deve ter no seu escritório. E, claro, como os escolher!

Tinteiros e toners

Para comprar o tinteiro correto para a impressora é preciso, saber se deseja um compatível ou original. A diferença entre os dois é quase impercetível, sendo que com ambas as opções irá obter bons resultados. Na prática, trata-se de uma preferência pessoal.

Aplica-se a mesma lógica aos toners. Como hoje existem modelos de impressoras a laser em vez de cartucho, estas funcionam à base de toners.

As opções são as mesmas dos tinteiros, ou seja, deverá escolher entre os modelos compatíveis ou originais. Com um nível de qualidade semelhante, os toners compatíveis destacam-se pela diferença de preço, sendo mais acessíveis do que os originais.

Material de escrita

Querendo ou não, a escrita faz parte da rotina de qualquer escritório.

Assim, ter à disposição canetas, lápis, borrachas e marcadores de qualidade, faz toda a diferença.

Muitos escritórios costumam ter um economato personalizado, seja com o logo ou o nome da empresa estampados.

Esta ideia pode ser aplicada nestes materiais, pois além de serem utilizados dentro da empresa, são excelentes lembranças para os clientes que passem pelo espaço.

Blocos de notas e post-its

Ter onde apontar as suas ideias e lembretes é fundamental num escritório. Mesmo com a tecnologia e as diversas aplicações e ferramentas à disposição, ter uma agenda, um bloco de notas ou até mesmo post its, faz toda a diferença.

Invista nestes recursos para melhorar a rotina dos seus colaboradores. Aqui, a ideia de personalização também é válida. Já pensou em estampar a sua marca na capa de um bloco de notas?

Pastas e ficheiros

É claro que dentro de um escritório, a quantidade de papel é grande. E ainda existem aqueles documentos importantes, que devem ser guardados e não eliminados.

Por isso, para que a organização do local esteja em dia, é indispensável recorrer a pastas e outros ficheiros para arquivar os documentos.

Existem diversos modelos no mercado e, neste caso, vale a pena optar pelos que mais se enquadram nas necessidades do escritório.

Por exemplo, se a quantidade de papel gerada é grande, talvez uma caixa ou armário organizador seja o ideal. Por outro lado, se os papéis são em menor quantidade, talvez uma pasta de arquivo seja suficiente.

Limpeza

O economato não se refere apenas aos materiais necessários para a rotina dos funcionários. É necessário contar com os recursos para a higienização do espaço.

Nestes materiais enquadram-se o papel higiénico, sabonete, detergentes, baldes, esfregonas, sacos de lixo etc.

E, como o escritório é um local que geralmente dispõe de muitos equipamentos eletrónicos, é fundamental escolher os materiais corretos.

Copa

Em muitos escritórios é comum existir uma cozinha ou, pelo menos, um espaço para que os colaboradores façam as suas refeições. Por isso, a copa precisa de estar sempre abastecida.

Os principais produtos nesta área geralmente são a água, o café e o açúcar, copos e guardanapos.

Estes são os principais materiais que deve incluir na sua lista, para manter um ambiente agradável e organizado no seu escritório.

É claro que pode sempre ir mais além e pensar em mais opções. Mas estes são, praticamente, os elementos obrigatórios.

Ler Mais

A impressão digital é o futuro do mercado gráfico

15 de Março de 2023

A chegada da impressão digital marcou o fim da era analógica, trazendo consigo novos recursos e uma nova mentalidade no mercado gráfico.

Este é um recurso que tem contribuído muito não só para o mercado gráfico, como também para as comunicações.

Um projeto deste tipo só pode ser efetivo com base nas ideias criativas por trás dele.

É muito comum vermos campanhas de projeto em grande formato que não exploram de fato as oportunidades únicas que este modelo tem para oferecer.

Quando se cria um póster de grande formato, não se deve apenas ampliar um anúncio de revista, mas tirar vantagens das opções e tecnologia da impressão deste tamanho.

Utilizando tinta branca opaca com impressoras inkjet EFI, por exemplo, é possível produzir posters que sejam visualmente diferentes de dia e de noite.

Este é apenas um exemplo das inúmeras vantagens deste tipo de impressão.

Ler Mais

Perguntas Frequentes

A Credistar responde a todas as suas dúvidas sobre créditos.

Seja nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.