<[HEADING] class="logo-text">Ajudamos a encontrar o seu crédito
MENU
Ver Mais

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

É possível consolidar créditos Santander?

Na verdade, não é possível consolidar créditos Santander. O banco não disponibiliza este tipo de operação aos consumidores.

A consolidação de créditos é uma solução que permite juntar vários créditos numa única prestação e ainda poupar.

Isso porque a prestação tem um valor de até menos de 60% do que a soma das mensalidades separadas.

Mesmo não sendo possível fazer a consolidação no Santander, é interessante falarmos sobre as vantagens e desvantagens da operação.

Consolidar créditos Santander: Tudo o que precisa saber 

De forma simples, consolidar créditos significa juntar diferentes prestações de empréstimo como automóvel, créditos ao consumo e até mesmo cartões de crédito, numa única mensalidade.

É uma boa opção especialmente para aqueles que contraíram muitas prestações, conseguindo assim aliviar o orçamento mensal.

Contudo, é importante conhecer as vantagens e desvantagens antes de tomar a decisão final.

Vantagens do crédito consolidado

1 - Permite reorganizar a vida financeira

Com o crédito consolidado passa a ter que lidar somente com uma prestação, uma taxa de juros e uma instituição bancária para negociar.

Tudo isto certamente facilita a vida de quem possui diversas prestações, permite reorganizar a vida financeira e desafogar o orçamento.

2 - Possibilita poupar mais dinheiro

Quem optar por consolidar as prestações de crédito pode ter uma redução de até 60% no valor das mensalidades. Isto certamente alivia o orçamento e possibilita criar uma poupança mensal.

Assim, esta opção torna-se numa aliada na organização da vida financeira, proporcionando economia de dinheiro.

3 - Dilatação dos prazos

O crédito consolidado é uma operação de reestruturação da dívida. Ou seja, proporciona prazos maiores que os que existiam até então, mesmo para dívidas de longo prazo.

Isso permite ter mais tempo para pagar os créditos que antes tinham prazos mais apertados, além de poder contar com menores taxas de juros.

4 - Possibilidade de contratar outro financiamento

A unificação das prestações vai reduzir a taxa de esforço, o que pode possibilitar a contratação de outro financiamento, caso tenha necessidade.

Porém, é importante ter cuidado para não complicar ainda mais o orçamento mensal e acabar com várias prestações novamente.

Desvantagens do crédito consolidado

1 - Limitação no acesso

Quem está em situação de incumprimento dificilmente terá acesso a um crédito consolidado.

Nestes casos, a única solução pode ser apresentar uma garantia real ao banco, como um imóvel.

2 - Aumento do prazo da dívida

A dilatação do prazo pode funcionar como vantagem e desvantagem.

Isto porque este aumento significa também mais tempo de dependência financeira em relação à instituição credora.

3 - Total de juros

Quanto maior for o prazo escolhido no contrato de crédito consolidado, maior tende a ser o juro final.

Devido a isso, é necessária uma análise criteriosa para que os juros não fiquem maiores ao realizar a unificação dos créditos.

4 - Gastos adicionais

Por fim, provavelmente terá que arcar com gastos adicionais referentes à comissão pela amortização antecipada dos empréstimos.

Como por exemplo: taxas de cartório, registo e impostos em casos de créditos hipotecários.

Conforme dito no início do artigo, ainda não é possível consolidar créditos Santander. Porém, se considerar as vantagens relevantes no seu caso, vale a pena consultar outras entidades financeiras que disponibilizam esta solução.

Perguntas Frequentes

A Credistar responde a todas as suas dúvidas sobre créditos.

Seja nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.